Torneios Links Úteis Últimos videos
 
PRESS BOOK  CAMPEÕES  GALERIA  PRÉMIOS      INDIVIDUAIS  CONTACTOS 
   
COMUNICADO OFICIAL Nº 01 (11/10/2018)
AGENDA DE JOGOS NA RAM DIA 22 DE SETEMBRO DE 2018
RESULTADOS
ASSOCIAÇÃO DE ANDEBOL DA MADEIRA
  marquee
ASSOCIAÇÃO DE ANDEBOL DA MADEIRA
DISCIPLINA ler mais
 
Mapa Disciplinar nº 23 (29/06/2018)
 
   MARCAÇÃO PROVISÓRIA
20_e_21_OUTUBRO_2018.pdf
 
 

EQUIPVENDING <a href='https://pt-pt.facebook.com/pages/Super-S%C3%A3o-Roque/183811891660924' target='_blank' style='text-decoration:underline; color:#FFF;'>SUPER SÃO ROQUE</a> <a href='http://winbrokerseguros.pt/' target='_blank' style='text-decoration:underline; color:#FFF;'>Winbroker</a> <a href='http://www.goclick.pt/site/index.html' target='_blank' style='text-decoration:underline; color:#FFF;'>GOCLICK</a> <a href='http://www.diverfogo.com/' target='_blank' style='text-decoration:underline; color:#FFF;'>DIVERFOGO II</a> <a href='http://naminhaterra.tv///portal.php?top_pub=1' target='_blank' style='text-decoration:underline; color:#FFF;'>NAMINHATERRA TV</a>
 

 
ANDEBOL NA MADEIRA
ANDEBOL NA MADEIRA
 

Embora não consigamos precisar com exactidão a data do início da prática do andebol na região, mas, tendo em conta o livro do Dr. Francisco Santos – História lúdico - desportiva da madeira, existem indícios de que o início remota a 1959.
Porém, só a partir de 1972 é que efectivamente podemos afirmar que o andebol, como modalidade devidamente codificada e regulamentada, começa a ser praticada na região, através do Professor de Educação Física – Prof. José Moniz.
É nesse mesmo ano que a ADM (instituição que na data albergava a maioria das práticas desportivas codificadas) procede à sua inscrição na FAP.
Posteriormente é nomeada uma comissão distrital responsável pelo desenvolvimento da modalidade, cuja primeira decisão de fundo é abrir inscrições para a prática oficial da modalidade.
Ainda nesse ano, a comissão decide convidar a equipa júnior do Belenenses para um torneio no Fim-de-ano, no qual também participam equipas regionais.
Este torneio é fundamental, pois, além de possibilitar aos nossos atletas um contacto com o andebol de outras regiões, permite também a observação de um modelo superior de prática.
Após esta experiência realiza-se o 1º Campeonato Distrital de Juniores com a participação do C. S. Marítimo, do C. D. Nacional e do Ateneu Comercial do Funchal.
A partir da época 75/76 inicia-se a competição de forma mais regular nos escalões de Juvenis e Juniores com a participação do C. S. Marítimo, do C. D. Nacional e Académico do Funchal.
A evolução do andebol madeirense foi notória com o início das competições nacionais, que se deu na época de 1985/86 com o C. S. Madeira em femininos e o Académico de Fátima em masculinos.
A nível nacional, o andebol madeirense tem consolidado o seu estatuto conquistando o patamar internacional com o apuramento das suas equipas para as competições europeias, em 1992/93 em femininos, uma vez mais com o C. S. Madeira, e mais recentemente nos masculinos com o A. M. Madeira Andebol SAD, em 1990/00.
Fica também na história do nosso andebol a organização de vários eventos de relevo, tais como do Campeonato Europeu em masculinos 1998, o congresso mundial da IHF, em 1990 e o Grupo C do Campeonato do Mundo.





  A.A.M   Copyright © 2011 Associaçao de Andebol da Madeira